quarta-feira, 9 de março de 2016


As Forças Armadas estão de prontidão.


Qual o problema nisso? Nenhum. Este é o seu papel constitucional. Apenas os que se julgam acima das leis do país é que vêem algo errado nisso.
Dispõe a Constituição Federal:


Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.

O Estatuto dos MILITARES diz:



“Art. 2º As Forças Armadas, essenciais à execução da política de segurança nacional, são constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, e destinam-se a defender a Pátria e a garantir os poderes constituídos, a lei e a ordem.”



Veja o texto publicado pela Sociedade Militar:




(clique sobre a figura para ampliar)

O texto original pode ser encontrado em: http://www.sociedademilitar.com.br/wp/2016/03/generais-determinaram-prontidao-sim-qual-o-problema-nisso.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário